Alho São Paulo, São Paulo

Alho em São Paulo. Saiba onde comprar Alho em São Paulo. Encontre aqui endereços e telefones de médicos homeopatas, farmácias e drogarias que poderão te ajudar comprar plantas medicinais em São Paulo. Aproveite e leia nossos artigos sobre Alho.

Hubert Alimentos
(11) 3227-1688
Rua Santa Rosa 303
São Paulo, São Paulo
 
Rigel Coml Ltda
(11) 5061-1266
Rua Cônego José Norberto 218
São Paulo, São Paulo
 
Herba Natural Comercio de Cosmeticos e Produtos Naturais
(11) 2982-0425
Rua Paulo de Faria 27
São Paulo, São Paulo
 
Armazém Natural
(11) 2981-6888
Avenida Jardim Japão 635 B
São Paulo, São Paulo
 
La Petite Emporio
(11) 4112-2490
Rua Teodureto Souto 739
São Paulo, São Paulo
 
Ciência & Natureza Produtos Naturais
(11) 5505-1461
Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini 1127
São Paulo, São Paulo
 
Hindustan
(11) 2977-0433
Rua Maestro João Gomes de Araújo 106 ap 73
São Paulo, São Paulo
 
Positiva
(11) 2672-2278
Praça Canárias box 19
São Paulo, São Paulo
 
Mundo Verde
(11) 4432-0375
Rua Pereira Barreto 42
São Paulo, São Paulo
 
Flora Mística Natural Produtos Naturais
(11) 5011-0299
Rua Parnaíba Paoliello 558 c 2
São Paulo, São Paulo
 

Alho

ResumoAlho, planta medicinal utilizada contra ateriosclerose e contra a hipertensão, em geral apresentada em forma de cápsulas ou comprimidos.NomesNome em português: AlhoNome latim: Allium sativum L. Nom inglês: allium, garlicNome francês: AilNome alemão: KnoblauchNome italiano: aglioFamíliaLiliaceaeConstituintes Óleos voláteis sulfurados (alliine), enxofre, selênio Partes utilizadas Bolbo ou cascasPropriedades do alhoAntibacteriano, antibiótico, antimicótico, hipolipemiante (baixa a taxa do mau colesterol: o LDL e aumenta o bom: o HDL) hipotensor (dilatação dos vasos), inibidor da agregação plaquetária, expectorante.Indicações Para uso interno (comprimido, cápsula, xarope,...)- Hipertensão, colesterol, problemas gastrointestinais, picadas de insetos (na prevenção graças ao efeito repulsiva do alho), bronquite, dores de garganta, cálculos urinários (em condimento).Atenção ! A hipertensão e os problemas de colesterol são doenças graves, o alho pode ser uma medida complementar, mas não é um tratamento primário, portanto peça conselhos a um médico. Para uso externo (gargarejo,...) - Verrugas, inflamação do ouvido (otite), oxiúros. Efeitos secundáriosMau-hálito, em alta dosagem, possíveis efeitos gastrointestinais. Contra-indicação DesconhecemosInterações Possível interação com a warfarina (molécula anti-coagulante). Apesar de não termos conhecimento de nenhum caso, o alho pode aumentar o efeito da warfarina e levar a eventuais sangramentos. Interação possível com determinados medicamentos contra diabetes (risco de desenvolver uma hipoglicemia). Preparações à base de alho- Comprimido de alho (contra a hipertensão e o colesterol)- Cápsula de alho (em forma de óleo de alho) ou cápsula de alho (contra a hipertensão e o colesterol)- Xarope de alho (contra a tosse)- Casca de alho (contra as dores de garganta)- Alho contra herpes labialOnde cresce o alho? O alho cresce em diversos lugares do mundo (Europa, América, Ásia,...).Quando o alho floresce? O alho floresce no mês de junho. Observações Um efeito desagradável do alho pode ser o surgimento de um mau odor, esse odor pode sair às vezes pela transpiração, pelo nariz ou pela boca. Infelizmente os medicamentos que dizem que não possuem efeitos de odor não são eficientes. Sendo assim, é a molécula responsável pela eficiência que provoca o odor típico do alho. O alho é uma planta muito estudada, segundo a maioria dos estudos clínicos (alguns são mais críticos), o alho teria uma real eficiência contra determinadas doenças cardiovasculares e seria também preventivo contra a hipertensão e os problemas de colesterol.Alho, bom para (quase) tudoAntisséptico, antiinflamatório, anti-colesterol, antioxidante, antialérgico e até mesmo...afrodisíaco (mas tome cuidado com o seu efeito "mata-amor" no hálito). Seria o alho um remédio milagroso? Ele surgiu há mais de 5000 anos nos estepes da Ásia Central e era utilizado como antiveneno na Roma Antiga. Desde então, o seu sucesso nunca foi desmentido.Graças aos seus ácidos fenóis, o alho age como um antisséptico poderoso do sistema digestivo e do aparelho respiratório. Seu efeito fluidificante sobre o sangue, sua capacidade de dissolver os pequenos coágulos freariam a evolução da aterosclerose. Po outro lado, os seus princípios ativos enxofrados dilatariam as artéreas coronárias, contribuindo na prevenção da angina do peito. Se consumido regularmente, ele ajudaria a prevenir o câncer do estômago e seria eficaz contra os vermes intestinais. E naturalmente, é útil dizer que ele também afugenta os vampiros!No entanto, tome cuidado com o seu excesso, pois se consumido em grandes quantidades, o alho pode desencadear queimaduras gástricas. E mesmo em aplicações locais, o "remédio" não é anódino e pode provocar necroses localizadas da pele...Fonte: Fitoterapia, a saúde através das plantas, Vidal e Seleção Reader's Digest, 2010, 29,95EUROS.© 1996-2010 Destination Santé SAS - Todos os direitos reservados. Nenhuma informação contida neste servidor pode ser reproduzida ou redifundida sem oconsentimentoprévio e escrito de Destination Santé. Todo infrator está exposto às sanções previstas pelos artigosL 122-4 e L 335-3 do Código da Propriedade Intelectual: até dois anos de cadeia e multa no valor de150 000 euros.