Cana-do-brejo Amambaí MS

Cana-do-brejo em Amambaí. Saiba onde comprar Cana-do-brejo em Amambaí. Encontre aqui endereços e telefones de médicos homeopatas, farmácias e drogarias que poderão te ajudar comprar plantas medicinais em Amambaí. Aproveite e leia nossos artigos sobre Cana-do-brejo.

Erva Mate São Roque
(67) 3481-1283
Rua Expedicionários 150
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Mercado Prata
(67) 3481-1669
Avenida Coronel Valêncio de Brum 1219
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Mercado Bom Preço
(67) 3481-1948
Rua 7 de Setembro 5051
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Mercado Bampi
(67) 3481-2399
Rua Vereador João Neves 1145 fds
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Viva Natural
(67) 3393-6516
Rua Acariuba 378
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Mercado Arroyo
(67) 3481-1944
Rua Acre 1872
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Supermercado Manso
(67) 3481-1963
Avenida Pedro Manvailler 2858
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Mercado Avenida
(67) 3481-2678
Avenida Pedro Manvailler 2678
Amambaí, Mato Grosso do Sul
 
Lotus Flora
(67) 3382-9479
Rua Rui Barbosa 3177
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Distribuidora Independente da Herbalife
(67) 3361-3597
Rua Itaipu 77
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 

Cana-do-brejo

ResumoCana-do-brejo: Planta medicinal com efeito anti-inflamatório, indicada principalmente em casos de inflamação no trato urinário (rim, bexiga, uretra). NomesNome: Cana-do-brejo, cana-de-macaco, cana-do-mato, cana-roxa, jacuacanga, paco-catinga, paco-caatinga, periná e ubacaiáNome latim: Costus spicatusNome inglês: spiked spirlaflag ginger, corkscrew ginger, indian head gingerNome francês: Amome velu pétioléNome espanhol: Caña de jabalíFamíliaZingiberaceae (também conhecida como Costaceae)ComponentesFolhas: flavonoides - diglicosídeos flavônicos (tamarixetina, canferídeo), quercetinaRizoma: saponinas, diosgenina (percursor de homônios esterioidais)Partes utilizadasFolhas e rizomasEfeitosAnti-inflamatório e analgésico. Popularmente conhecido por possuir efeitos depurativos e diuréticos (ver mais em observações interessantes).Indicações- Inflamações no rim, bexiga e uretra (nefrites, uretrites)- Cistite intersticial- Pedra no rimEfeitos secundáriosNenhum conhecido.Contra-indicaçãoGrávidas, lactantes e crianças pequenas (utilizar somente com indicação de especialistas). InteraçãoNenhuma conhecida.PreparaçõesUso interno e externo- Infusão - Decocção (5 a 10g para 200mL de água)- TinturaOnde cresce a cana-do-brejo?Planta medicinal nativa brasileira, também pode ser encontrada na costa do Sul do México, Yucatán, Costa Rica até o norte da Colômbia. Crescem naturalmente em locais úmidos e solos bem drenados, no entanto também resistem a temperaturas baixas e a seca. Quando colher?Em países com clima tropical, as folhas e rizomas da cana-do-brejo podem ser colhidos durante todo o ano. Já em países de clima frio, colher durante a primavera e o verão, durante o inverno as folhas secam. Observações interessantesEstudos em animais, realizados com o extrato alcoólico das folhas da cana-do-brejo demonstraram ação anti-inflamatória e analgésica. Outro efeito estudado em animais foi o de hipoglicemiante, utilizando um modelo camundongo com hiperglicemia induzida por obesidade. Não foi possível observar efeito benéfico no tratamento de hiperglicemia induzida por obesidade com o chá das folhas de cana-do-brejo. A cana-do-brejo é popularmente utilizada em caso de diabetes tipo 2 pelos dominicanos. O chá do rizoma da cana-do-brejo é tradicionalmente utilizado há muitos anos, principalmente pelos povos da Amazônia, como diurético e depurativo para aliviar problemas na bexiga, uretra e expelir pedras dos rins. Em muitas regiões, suco da haste fresco diluído em água tem uso contra gonorreia, sífilis, nefrite, picadas de insetos. Externamente, a decocção é popularmente empregada para aliviar irritações vaginais, leucorréia e no tratamento de úlceras, enquanto que na forma de cataplasma é empregada em casos de contusões.