Catinga-de-mulata Propriá SE

Catinga-de-mulata em Propriá. Saiba onde comprar Catinga-de-mulata em Propriá. Encontre aqui endereços e telefones de médicos homeopatas, farmácias e drogarias que poderão te ajudar comprar plantas medicinais em Propriá. Aproveite e leia nossos artigos sobre Catinga-de-mulata.

Propomel Produtos Alimentícios
(67) 3385-5375
Rua Hermenegildo Pereira 189
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Produtos Naturais Herbalife
(67) 3342-0939
Rua Guadalajara 126
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Ser Produtos Naturais
(67) 3386-0931
Rua Guassu 610
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Supermercado São José
(82) 3553-1301
Rua Alegria 621
Porto Real do Colégio, Alagoas
 
José A C Nunes
(79) 3348-1140
Praça Matriz 598
Japoatã, Sergipe
 
Best Life Br Produtos Naturais
(67) 3331-7610
Rua Rodolfo Andrade Pinho 64
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Distribuidor Independente Herbalife
(67) 3042-3294
Rua Barão de Grajaú, 698 Nova Bahia
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Naturaltem
(67) 3026-6999
Praça Rui Barbosa, 2107 Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Supermercado Souza
(79) 3347-1036
Praça Getúlio Vargas 50
Cedro de São João, Sergipe
 
Supermercado São Jorge
(79) 3348-1070
Rua Otávio Bezerra 24
Japoatã, Sergipe
 

Catinga-de-mulata

ResumoCatinga-de-mulata: Planta medicinal com efeito vermicida, indicada principalmente em casos de verminoses intestinais como a lombriga. Também pode ser utilizada no ambiente para espantar insetos. NomesNome: Catinga-de-mulata, erva-contra-vermes, tanásia, tasneira, tanacetoNome latim: Tanacetum vulgare L.Nome inglês: tansy, buttons, parley fernNome francês: Tanaisie, barbotineNome alemão: KöpfchenNome italiano: tanacetoNome espanhol: Tanaceto, hierba lombrigueira, atanasiaFamíliaAsteraceae ComponentesÓleo essencial (tuyonas), lactonas sesquiterpênicas (tanacetina, tanacetol), taninos, flavonóides, vitamina C, ácido cítrico e fitoesteróis. Partes utilizadasSumidades floridasEfeitosVermicida (ascaricida), antinflamatório, anti-espasmódica e colerético. Indicações- Verminoses (principalmente a lombriga (Ascaris L.)- Diarréia- Problemas digestivos- Sarna (uso externo)Efeitos secundáriosDermatites de contato.O uso de altas doses pode levar a intoxicação: irritação da mucosa gástrica, vômitos, taquicardia, diarreia, hemorragia uterina, espasmos violentos, midriase, convulsões. Em casos de suspeita de intoxicação, procure imediatamente atendimento médico. Contra-indicaçãoNão deve ser utilizada em casos de gravidez e amamentação.InteraçãoNenhuma conhecida.Preparações- Infusão - Tintura- Capsula- Óleo essencialOnde cresce?Planta de origem asiática e europeia (exceto a região do mediterrâneo), atualmente também pode ser encontrada na América do Norte e América do Sul. Quando colher?As sumidades floridas podem ser colhidas principalmente durante a primavera e início do verão. Observações interessantesAntigamente utilizada na forma de ramos secos para espantar insetos, como: moscas, traças, pulgas. Os ramos secos eram espalhados pelo teto da casa, armários, guarda-roupas, de baixo de colchões e nos canil. Popularmente, além de ser utilizada como vermífugo, é utilizada em casos de gengivites (gargarejo) e cores reumáticas. Também é utilizada na culinária na forma de condimento. Deve-se tomar cuidado para não confundir a catinga-de-mulata (Tanacetum vulgare) com a Tanacetum parthenium, que apesar de serem diferentes fisicamente, também é conhecida popularmente como tanaceto ou tanacetum. A Tanacetum parthenium possui efeitos diferentes da catinga-de-mulata, como antipirético (baixar a febre) e analgésico.