Extrato das Sementes da Sucupira Alfenas MG

Extrato das Sementes da Sucupira em Alfenas. Saiba onde comprar Extrato das Sementes da Sucupira em Alfenas. Encontre aqui endereços e telefones de médicos homeopatas, farmácias e drogarias que poderão te ajudar comprar plantas medicinais em Alfenas. Aproveite e leia nossos artigos sobre Extrato das Sementes da Sucupira.

Comercial Dona Tereza Ltda
(35) 3291-2773
Rua Dom Silvério 120
Alfenas, Minas Gerais
 
Peg Pag Devanil
(35) 3292-2580
Rua João Januário de Magalhães 489
Alfenas, Minas Gerais
 
Supermercado Fernandes
(35) 3292-1479
Rua 10 100
Alfenas, Minas Gerais
 
Marcos Cesar Ferreira Carmello
(35) 3292-2615
Avenida João Paulino Damasceno 1632
Alfenas, Minas Gerais
 
Unissul Supermercados S/a
(35) 3292-7025
Rua Gaspar Lopes 81
Alfenas, Minas Gerais
 
Supermercado Reis Ltda
(35) 3292-2844
Rua São Vicente 94
Alfenas, Minas Gerais
 
Supermercado Bela Vista
(35) 3297-3251
Rua João Januário de Magalhães 295
Alfenas, Minas Gerais
 
Supermercado Pinheiros
(35) 3291-4994
Rua Califórnia 44
Alfenas, Minas Gerais
 
Monte Libano Supermercado
(35) 3292-5799
Avenida Doutor Lincoln Westin da Silveira 1782
Alfenas, Minas Gerais
 
Supermercado Sao Geraldo
(35) 3291-6773
Rua H 139
Alfenas, Minas Gerais
 

Extrato das Sementes da Sucupira

A Sucupira-Branca (Pterodon pubescens Benth), é planta medicinal brasileira que pertencente a família das Leguminosas, sendo uma árvore nativa com distribuição pela região central do Brasil (principalmente nos estados de São Paulo, Goías e Minas Gerais). As sementes de Sucupira são usadas na medicina popular em forma de chá e em infusões de vinho para tratar doenças reumáticas e inflamatórias, como a artrite (reumatismo, artrite reumatóide), sendo muito indicada para a saúde das articulações. Estudos toxicológicos do extrato etanólico (óleo) das sementes de Sucupira não demonstraram mutagenicidade ou toxicidade na planta.
Um estudo experimental com o extrato da Sucupira – Pteridon pubescens – demonstrou cientificamente que os efeitos relatados decorrentes do uso tradicional da planta Sucupira-Branca podem significar o isolamento de novos compostos para o tratamento da artrite reumatóide e outras doenças inflamatórias crônicas e autoimunes. A artrite reumatóide é uma doença autoimune crônica caracterizada por articulações inflamadas e funções exacerbada de macrófagos e linfócitos T e B. Apesar da eficácia dos medicamentos imunossupressores, ainda é importante a pesquisa de novas alternativas e estratégias anti-reumáticas, com o objetivo de evitar os efeitos colaterais do tratamento tradicional, que em algumas pessoas, leva a interrupção do tratamento.
O efeito anti-artrítico do extrato hidroalcoólico das sementes de Sucupira-Branca (Pterodon pubescens) foi demonstrado experimentalmente utilizando a artrite induzida por colágeno (CIA). Sub-efeitos tóxicos agudos não foram observados em análises em ratos. Outras análises demonstraram efeitos anti-inflamatórios e antinociceptivos (capacidade de perceber a dor) do extrato etanólico das sementes.¹
Outro estudo, também realizado cobaias, concluiu que o extrato bruto das sementes da Sucupira (Pterodon emarginatus) foi efetiva contra o estresse oxidativo e nitrosativo induzido pelo exercício físico agudo. O extrato da Pteridon emarginatus aboliu a maioria dos processos oxidativos, proporcionando assim um a ação antioxidante e antiinflamatória contra o exercício agudo. Apesar do papel bem documentado de proteção de substâncias vegetais antioxidantes e sua capacidade de proteger contra os efeitos deletérios da oxidação, a maioria dos estudos tem analisado o efeito antioxidante de apenas uma classe de compostos ou de um composto isoladas, principalmente in vitro. Este estudo demonstrou que o extrato de Sucupira tinha ação antiinflamatória e antioxidante após a realização de exercícios, o que pode confirmar que os efeitos benéficos do extrato de Sucupira, muito utilizado na medicina popular brasileira para o tratamento de artrite, reumatismo, osteoartrite e inibição da dor, pode ser útil como um agente terapêutico contra danos oxidativos em seres humanos.