Guaçatonga São Paulo, São Paulo

Guaçatonga em São Paulo. Saiba onde comprar Guaçatonga em São Paulo. Encontre aqui endereços e telefones de médicos homeopatas, farmácias e drogarias que poderão te ajudar comprar plantas medicinais em São Paulo. Aproveite e leia nossos artigos sobre Guaçatonga.

Mundo Verde
(11) 3763-2408
Avenida Leão Machado 100 lj 12
São Paulo, São Paulo
 
Srn Produtos Naturais
(11) 3675-8858
Rua Dona Ana Pimentel 125
São Paulo, São Paulo
 
Fatec
(11) 3107-7161
Praça da Liberdade 130 - 10 cj 1003
São Paulo, São Paulo
 
Ervas e Flores da Natureza e do Amazonas
(11) 5548-3015
Rua Senador Dantas 60
São Paulo, São Paulo
 
Positiva
(11) 2672-2278
Praça Canárias box 19
São Paulo, São Paulo
 
Vida Leve Com
(11) 3078-0198
Rua João Cachoeira 213
São Paulo, São Paulo
 
Orange
(11) 3885-3384
Rua Batataes 388
São Paulo, São Paulo
 
Mário Produtos Naturais
(11) 3915-4413
Rua Antônio de Pádua Dias 760
São Paulo, São Paulo
 
Hubert Alimentos
(11) 3227-1688
Rua Santa Rosa 303
São Paulo, São Paulo
 
Natureza Pura
(11) 2956-3114
Rua Getúlio Vargas Filho 57
São Paulo, São Paulo
 

Guaçatonga

ResumoPlanta medicinal indicada para tratar úlceras gástricas e cicatrizar feridas, inclusive de herpes labial e afta. Pode ser encontrada em forma de infusão, pomadas e cremes. NomesNome: Guaçatonga, erva-de-bugre, pau de largato, cafezinho-do-mato, porangaba.Nome latim: Casearia sylvestris SwartzNome inglês: guacatongaNome francês: guacatongaNome alemão: guacatongaNome italiano: guacatongaNome espanhol: ratón – dondequiera FamíliaFlaucourtiaceae Componentes Diterpenos, triterpenos, ácido capróico ou hexanóico, flavonas, óleos essenciais (cariofileno), saponinas e taninos. Partes utilizadasFolhas EfeitosCicatrizante, antiinflamatório, analgésico, antioxidante e antiulceroso.Indicações - úlceras gástricas: pode ser utilizada em todas as fases da doença, ou seja, ela age em úlceras leves, moderadas e graves. Não apresenta efeitos colaterais como alteração do pH do suco gástrico e contração da musculatura uterina, causados por muitos medicamentos utilizados para tratar úlceras. - cicatrizante de feridas: herpes labial, aftas, entre outras. Efeitos secundários Desconhecidos Contra-indicaçãoDesconhecidas InteraçãoNenhuma interação foi documentada, mas é possível que aumente os efeitos de antiplaquetários e anticoagulantes. ToxicidadeEm caso de uso crônico e ingestão de quantidade abusiva, a guaçatonga pode causar diarréia, problemas no fígado, convulsões, entre outros sinais de toxicidade. Preparações Uso interno- Infusão (2 folhas frescas em 200mL de água - ferva por 5 minutos) Uso externo- cremes e pomadas (patenteada pela Agência de Inovação da Unicamp, em breve estará no mercado) - infusão (1 colher de sopa de folhas frescas picadas em 250mL de água – ferva por 10 minutos- faça compressas diretamente na região afetada por 15 minutos) Onde cresce?A guaçatonga pode ser encontrada praticamente em todo território brasileiro, mas é mais abundante no sudeste do país, também pode ser encontrada em alguns outros países da America do sul. As árvores florescem entre os meses de julho a outubro e frutifica de setembro a dezembro.Observações- Utilizada há muitos anos por povos indígenas e pela polulação para o tratamento de queimaduras na pele, picadas de cobras e úlceras estomacais, cicatrizante de feridas, anestésico local, antipirético, diurético, anti-reumático e anti-séptico. - Estudos indicam que a guaçatonga possui efeito contra picadas de cobras Bothrops, antihiperlipidemico (contra colesterol alto), antimicrobiano, além de atividade antiplasmódica (contra malária). Mas são necessários mais estudos para que esta planta possa ser utilizada para estes fins.